blog ComÊxito BLOG - O que mudou na versão 2015 da ISO 14001

Publicado em: 07/11/16 22:07
Razões da revisão 2015 da 14001:

  • Manter relevância para as organizações em geral;

  • Integração com outros sistemas de gestão: por exemplo,ISO 9001,OSHAS 18001, ISO 27001, ISO 20000-1 etc.;

  • Fornecer uma abordagem integrada para a gestão organizacional;

  • Fornecer uma base consistente para os próximos 10 anos: estabilidade;

  • Garantir proteção ambiental;

  • Certificar-se de que o padrão reflete as necessidades de todas as partes interessadas;

  • Melhorar a capacidade de uma organização para atingir seu desempenho ambiental esperado.


Alinhamento entre as normas – Anexo SL


A resolução ISO/TMB 18/2012 (15 e 16 de fevereiro de 2012) - estabeleceu o anexo SL para as normas de sistemas de gestão da ISO. O Anexo SL, Apêndice 2 das Diretivas ISO estabelece para normas novas ou revisões:

  • Estrutura comum de alto nível, ex.: sequência de requisitos;

  • Texto comum para as normas de sistemas de gestão e é esperado que o texto comum possa representar perto de 30% a 40% do conteúdo de qualquer norma de sistema de gestão ISO;

  • Principais termos e definições comuns de sistemas de gestão;

  • Estrutura macro” comum;

  • Interpretação da organização e seu contexto/riscos;

  • Liderança;

  • “Informação documentada”, ao invés de documentação ou registros;

  • “Ação preventiva” está agora incorporada ao sistema.


Anexo SL – Estrutura macro


Prefácio

Introdução

  1. Escopo

  2. Referência normativa

  3. Termos e definições

  4. Contexto da organização

  5. Liderança

  6. Planejamento

  7. Apoio

  8. Operação

  9. Avaliação de desempenho

  10. Melhoria


Índice do resumo das mudanças para a versão ISO 14001:2015, por tema



  1. Melhoria no alinhamento

  2. Contexto da organização

  3. Partes interessadas

  4. Desempenho ambiental

  5. Política

  6. Liderança

  7. Riscos e oportunidades, ação preventiva

  8. Perspectiva do ciclo de vida

  9. Comunicação

  10. Documentação

  11. Fornecedores

  12. Gestão de mudanças

  13. Avaliação de desempenho

  14. Melhoria


Detalhamento do resumo das mudanças para a versão ISO 14001:2015, por tema

1. Melhoria no alinhamento com outras normas de gestão, como ISO 9001, ISO 27001 e ISO 45001 e facilidade de integração de sistemas, Anexo SL, PAS 99:2012 .

2. Contexto da organização

Os contextos internos e externos que são relevantes para a seu propósito e que afetam a capacidade da organização de alcançar os resultados pretendidos do seu SGA devem ser determinados, para alavancar benefícios para a organização e para o meio ambiente.

3. Partes Interessadas

Devem ser determinadas aquelas que podem perceber ou ser afetadas: clientes, comunidade, fornecedores, reguladores, investidores, empregados, etc.

Atenção a questões ou mudanças das necessidades das partes interessadas, incluindo obrigações de conformidade (compliance) e as condições ambientais locais, regionais ou globais que afetem a organização ou que possam ser afetadas por ela.

4. Desempenho ambiental

Passou-se da melhoria do SG para a melhoria do desempenho ambiental.

A organização deverá, quando aplicável, reduzir emissões, efluentes e resíduos a níveis estabelecidos pela própria organização.

Foi enfatizada a necessidade de ter compromisso com desenvolvimento sustentado

5. Política

A organização deve incluir na Política um compromisso com a proteção do meio ambiente e a prevenção da poluição e mais um que pode ser, por exemplo: o uso de recursos sustentáveis, minimização das alterações climáticas e adaptação e proteção da biodiversidade e dos ecossistemas etc.

6. Ampliação nas responsabilidades da liderança para promover gestão ambiental

Alta Direção passa a ter um envolvimento ainda maior, necessitando entender os aspectos e impactos ambientais de sua organização e levando os mesmos em consideração na gestão da organização:

  • Prestação de contas da eficácia do SGA

  • Compatibilidade da política e objetivos com a direção estratégica e o contexto

  • Aplicação da Política

  • Integração do SGA em processos de negócio da organização

  • Promoção da conscientização

  • Envolver, orientando e apoiando as pessoas para contribuir

  • Promover a melhoria contínua

  • Apoiar o gerenciamento para demonstrar a sua liderança


7. Riscos e oportunidades

Riscos e oportunidades devem ser determinados e tratados, para garantir que o SGA atinja os resultados pretendidos, para prevenir ou reduzir impactos ambientais negativos e atingir a melhoria continua.

As diretrizes da ISO 31000 podem ser utilizadas como referência.

Ações prioritárias para mitigar riscos associados a ameaças e ações para explorar riscos associados a oportunidades deverão ser integradas ao planejamento operacional do SGA.

Risco: efeito da incerteza.

Ação preventiva: o texto do Anexo SL não inclui o requisito “Ação Preventiva”, uma vez que agora é assumido que todo o sistema será uma ferramenta preventiva.

8. Perspectiva do ciclo de vida

Além da exigência atual de gerenciar os aspectos ambientais associados aos produtos e serviços adquiridos, produzidos, entregues, as organizações terão que estender seu controle e influência aos impactos ambientais associados ao uso de produtos e ao seu tratamento ou disposição de fim de vida.

Não há, porém, nenhum requisito para a realização de uma avaliação do ciclo de vida (ACV) completa.

Deve ser considerada a Lei nº 12.305/10, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS)

9. Comunicação

Foi acrescentado o desenvolvimento de uma estratégia de comunicação (interna e externa). Incluiu requisito para o estabelecimento de procedimento para que as pessoas que trabalham sob o controle da organização deem sugestões para melhoria do sistema de gestão.

A decisão de comunicar externamente deverá ser tomada pela organização levando em conta requisitos dos órgãos reguladores e expectativas das partes interessadas, mas ela deve comunicar interna e externamente relevantes informações do seu desempenho ambiental

10. Documentação

Consideração do impacto das mudanças nas tecnologias de comunicação e informação nos sistemas de gestão.

Generalização do conceito de documentos pela introdução do termo “informação documentada”.

Não se fala mais em procedimentos documentados e registros.

A organização terá flexibilidade para determinar quando são necessários procedimentos para garantir o controle eficaz de processos.

11. Fornecedores

A organização deve:

  • determinar a sua exigência ambiental para a aquisição de produtos e serviços

  • comunicar seus requisitos ambientais relevantes a provedores externos, incluindo subcontratados

  • considerar a necessidade de fornecer informações sobre potenciais impactos ambientais significativos associados com o transporte ou fornecimento, a utilização, o tratamento de fim de vida e disposição final de seus produtos e serviços.


12. Gestão de mudanças

A organização deve controlar mudanças planejadas e analisar criticamente as consequências de mudanças não intencionais, tomando ações para mitigar qualquer efeito adverso, como necessário.

13. Avaliação de desempenho - Cláusula 9

A organização deve definir indicadores ambientais para avaliar e demonstrar o atendimento a cada objetivo ambiental. Deve ainda monitorar o progresso em relação aos objetivos ambientais da organização. As informações devem ser transparentes e disponíveis.

O planejamento das auditorias internas deve levar em conta: os objetivos de meio ambiente, feedback de partes interessadas e mudanças no sistema.

A análise crítica pela administração deve levar em consideração:

  • orientação estratégica da organização

  • questões externas e internas

  • eficácia das ações para riscos e oportunidades


14. Melhoria - Cláusula 10

O princípio de gestão da qualidade baseado em “Melhoria Contínua” será alterado para apenas “Melhoria”, para enfatizar que “melhoria” deve ser uma filosofia fundamental em uma organização.

 

ISO 14001:2015 - Mudanças indicadas por cláusula da norma

Prefácio

– 3ª edição

- Escopo – Requisitos para um SGA com orientações para uso, ver anexo A

Introdução

0.1 Histórico: equilíbrio dos 3 pilares da sustentabilidade

0.2 Objetivo de um sistema de gestão ambiental: estrutura para proteção do meio ambiente, prevenção de impactos ambientais, atendimento a legislação, aumento do desempenho ambiental, etc.

0.3 Fatores de sucesso: comprometimento de todos

0.4 Ciclo PDCA

0.5 Conteúdo da norma: Anexo SL, requisitos para avaliar conformidade, ver anexo A

1. Escopo da norma: requisitos para aumentar o desempenho ambiental, atendimento a requisitos, alcance dos objetivos

2. Referências normativas: não constam

3. Termos e definições: 35 inclusos na norma

4. Contexto da organização

4.1 Entendendo a organização e seu contexto - acrescentado: Determinar contexto interno e externo

4.2 Entendendo as expectativas das partes interessadas - acrescentado: Determinar as expectativas

4.3 Determinando o escopo do sistema de gestão ambiental - foi acrescentado: Detalhamento do escopo

4.4 Sistema de gestão ambiental - ampliado deve ser considerado 4.1 e 4.2

5 Liderança

5.1 Liderança e comprometimento – praticamente todo texto foi crescentado

5.2 Política ambiental - ampliado: aumentar o desempenho ambiental, proteção ao meio ambiente e mais 1 compromisso, além da prevenção da poluição e SGA, alteração: disponível para as partes interessadas

5.3 Papéis, responsabilidades e autoridades organizacionais - excluída a determinação de um representante

6 Planejamento

6.1 Ações para abordar riscos e oportunidades

6.1.1 Generalidades - acrescentado: determinar riscos e oportunidades

6.1.2 Aspectos ambientais - acrescentado: ciclo de vida

6.1.3 Requisitos legais e outros requisitos - não mudou o conteúdo

6.1.4 Planejamento de ações - acrescentado: incluindo aspectos, requisitos legais e riscos

6.2 Objetivos ambientais e planejamento para alcançá-los

6.2.1 Objetivos ambientais - acrescentado: riscos e oportunidades, monitorados, comunicados e atualizados

6.2.2 Planejamento de ações para alcançar os objetivos ambientais - acrescentado: avaliação dos resultados, incluindo indicadores, ações integradas ao negócio

7 Apoio

7.1 Recursos – não mudou

7.2 Competências - mudou: de impacto ambiental significativo para desempenho ambiental e requisitos legais, e avaliar eficácia

7.3 Conscientização - mudança no texto apenas

7.4 Comunicação

7.4.1 Generalidades - detalhou estrutura do processo de comunicação, especificou levar em consideração requisitos, assegurar informação coerente, responder a comunicações pertinentes

7.4.2 Comunicação interna - acrescentou contribuição das pessoas

7.4.3 Comunicação externa - Ficou obrigatória a comunicação externa

7.5 Informação documentada

7.5.1 Generalidades - mudou: Procedimentos e registros tornaram-se informação documentada, os controles de um valem para o outro também

7.5.2 Criando e atualizando - acrescentou formato

7.5.3 Controle de informação documentada - especificou proteção (confidencialidade, uso impróprio e perda de Integridade), acesso, preservação com mais detalhes. Ficaram gerais os controles que antes eram apenas para registros e vice versa.

8 Operação

8.1 Planejamento e controle operacionais - incluiu gestão de mudanças, ciclo de vida, processos terceirizados, mudou de procedimento documentado para estabelecimento de critérios e controles nos processos, incluiu requisitos para provedores, contratados e aquisição de produtos e serviços

8.2 Preparação e resposta a emergências - incluiu treinamento

9 Avaliação de desempenho

9.1 Monitoramento, medição, análise e avaliação

9.1.1 Generalidades - detalhou melhor o processo de monitoramento e medição, mas era subentendido, incluiu indicadores

9.1.2 Avaliação do atendimento aos requisitos legais e outros requisitos - detalhou melhor

9.2 Auditoria Interna

9.2.1 Generalidades - nada novo

9.2.2 Programa de auditoria interna - nada novo

9.3 Análise crítica pela direção - mais temas sobre o que deve ser considerado nas entradas (riscos e oportunidades, suficiência de recursos),  e saídas da análise crítica (ações quando não forem atingidos os objetivos ambientais, direcionamento estratégico, integração com outros sistemas).

10 Melhoria

10.1 Generalidades - incluído, mas era subentendido, alcançar resultados – SGA

10.2 Não conformidade e ação corretiva - mais detalhado, mas era subentendido

10.3 Melhoria contínua - incluído melhorar sistema e desempenho ambiental

A ComÊxito além dos cursos das normas ISO 9001:2015, ISO 14001:2015 e OHSAS 18001:2007 tem os cursos de auditor interno ISO 9001:2015, ISO 14001:2015 e OHSAS 18001:2007 e os cursos de auditor líder:ISO 9001:2015, ISO 14001:2015 e OHSAS 18001:2007 . Temos as versões anteriores também, tanto o curso de interpretação da norma ISO 9001:2008 e ISO 14001:2004, quantos dos cursos de auditor interno ISO 9001:2008 e ISO 14001:2004 e dos cursos de auditor líder ISO 9001:2008 e ISO 14001:2004.

Caso queira mais algum esclarecimento entre em contato conosco pelo e-mail contato@comexito.com.br.

Abraços

Márcia Guerra

www.comexito.com.br

 

 
Compartilhar
Deixe seu comentário aqui


Wagner Porto Gomes
em 31/12/2011



Muito bom. Gostei do curso.

Sobre o curso: ISO27002:2005 Foundation




Andréa Regina Duran
em 31/12/2008



Excelente.

Sobre o curso: Auditor Interno de SG da Qualidade NBR 9001:2008




Aquiles Alencar de Medeiros
em 31/10/2013



Muito bom o curso.Indico com certeza a Comêxito para todos.Faremos outros cursos.abraços a todos.

Sobre o curso: Indicadores de Desempenho




Carlos Tognolo
em 31/10/2013



Estou graduando Tecnologia em Gestão da qualidade - EAD 3º semestre, gostaria que a metodologia de ensino a distância utilizada fosse a mesma ou equivalente a metodologia utilizada na Comêxito, porém acredito que a Comêxito esteja aplicando a metodologia do giro ciclo PDCA para que a metodologia de ensino da Comêxito fique ainda melhor. Agradeço a todos da Comêxito pelos conhecimentos que estou adquirindo que são muito importantes para o meu aperfeiçoamento profissional. Obrigado. Carlos Tognolo.

Sobre o curso: Sistema de Gestão da Qualidade NBR ISO 9001:2008




Adriana Mota Lima
em 31/10/2012



Parabéns a equipe da Com Êxito pela organização do site e objetividade do curso. Adriana Lima

Sobre o curso: Gerenciamento de Tempo




Mara Helena Vasconcelos de Melo
em 31/10/2009



Trata-se de uma linguagem clara, com vários exemplos que nos permite um entendimento melhor de varios conceitos, esta sendo muito bom fazer este curso.Parabens!

Sobre o curso: Planejamento Estratégico através do Balanced Scorecard




Rogerio Batista
em 31/10/2008



Só tenho elogios ao curso de formação completa de Auditor ISO9001-2000. Muito boa a didática e as explicações dadas referentes ao tema abordado. Parabéns!

Sobre o curso: Sistema de Gestão da Qualidade NBR ISO 9001:2008




Antonio Adilson de Araujo
em 31/08/2013



Os cursos são ótimos. Muito bem elaborados e ótima didática.

Sobre o curso: Norma SiaC - PBQP-H - 2005




Flávio Cavalca Berdusco
em 31/08/2012



Fiz o curso de ferramentas da qualidade, acho interessante gravar vídeos para demosntrar como aplicar algumas ferramentas usando o excel (histograma, pareto, dispersão....) De modo geral o curso é muito bom, parabéns. Flávio

Sobre o curso: 7 Ferramentas da Qualidade




Celso Funes Carminato
em 31/08/2012



excelente treinamento, me será muito útil.

Sobre o curso: 5S HOUSEKEEPING




DANILO QUADROS GODINHO
em 31/08/2009



Muito boa professora!!! Super didático e objetivo!!!

Sobre o curso: Sistema de Gestão da Qualidade NBR ISO 9001:2008




Adasio Leite Filho
em 31/07/2014



Estou gostando muito, e se tiver oportunidade farei outros cursos.

Sobre o curso: OHSAS 18001:2007 SG de Saúde e Segurança Ocupacional




Luiz Fernando da Silva
em 31/05/2016



Este curso poderia ter uma prova de conclusão ao finalizá-lo, e, após a conclusão do mesmo, o status deveria mudar para "concluído"

Sobre o curso: Gestão do Negócio por Processos




Paulo Cesar Guilherme da Rocha
em 31/05/2014



Neste curso tenho adquirido muito conhecimento.

Sobre o curso: Mapeamento e Modelagem de Processos e o BPM




Amaro José da Silva
em 31/05/2013



Gostei bastante da didática do curso, parabéns a equipe Com Êxito!

Sobre o curso: LAIA - Levantamento de Aspectos e Impactos Ambientais




Amaro José da Silva
em 31/05/2013



O curso foi de fundamental importância para os meus conhecimentos.

Sobre o curso: Licenciamento Ambiental




Amaro José da Silva
em 31/05/2013



Pretendo fazer outros cursos. O material é riquíssimo, gostei muito.

Sobre o curso: Gestão de Resíduos Sólidos




Eder Santana
em 31/05/2013



Atendeu as minhas espectativas.

Sobre o curso: CEP Avançado Controle Estatístico de Processos 2ª Edição:2005




Angélica Santos do Nascimento
em 31/05/2013



Ótimo curso. As explicações são bem claras. Estava a muito tempo procurando um curso bom e com uma valor em conta. Amei.

Sobre o curso: Sistema de Gestão Ambiental NBR ISO 14001:2004




Amaro José da Silva
em 31/05/2013



Nossa, parabéns pela metodologia do curso.

Sobre o curso: Sistema de Gestão Ambiental NBR ISO 14001:2004




Sergio Paquelet Jansen Ferreira

Empresa: PRODAM/SP - S/A Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação


Solange Cristina de F. C. Campos

Empresa: Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paul...


Rubens Batista Rodrigues

Empresa: Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paul...


Rosy Vania B. Arruda Wanderley

Empresa: Linde Gases Ltda


Antonio Marcos Ricieri

Empresa: Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paul...


Eliara Peixoto Cruz

Empresa: Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paul...


Milton Aguirre Junior

Empresa: Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paul...


Jose Roberto da Silveira

Empresa: Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paul...


Andre Luiz Gonçalves de Araujo

Empresa: Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paul...


MILSON ABRONHERO DE BARROS

Empresa: LUIZ IVAN NAVEGAÇÃO LTDA


MILSON ABRONHERO DE BARROS

Empresa: LUIZ IVAN NAVEGAÇÃO LTDA


Lúcio Tavares De Macedo

Empresa: Frisa Frigorifico Rio Doce S/A


Glicia Kelly dos Santos

Empresa: PROBANK Inteligência e Tecnologia


Moara Paes M de Oliveira

Empresa: Serviço nacional de Aprendizagem Industrial


eduardo lettnin

Empresa: bianchini s a industria comercio e agricultura


Daniela Rodrigues Silva

Empresa: A.F de Sá Moraes


Priscila Cristina Pires

Empresa: Controlar S/A


Carlos Alberto Possapp Lopes

Empresa: Brasil Global Industria e Comércio de Carnes Ltda


Adriano Piorno

Empresa: Controlar S/A


GEISON CARLOS STACHESKI

Empresa: TROPICAL TRANSPORTES IPIRANGA


Sobre ComÊxito

A ComÊxito tem 22 anos de mercado, foi fundada e é administrada por Márcia Guerra - engenheira Politécnica (43 anos de experiência), promove ensino a distância pela internet desde 2006, com muita clareza e conteúdo didático desenvolvido por profissionais competentes. As aulas são gravadas e dúvidas são respondidas prontamente.