blog ComÊxito BLOG - Objetivos e beneficios da norma ISO 9001 como Sistema de Gestão da Qualidade

Publicado em: 22/11/16 14:01
A norma ISO 9001 é muito conhecida e foi desenvolvida pela Organização Internacional de Normalização com sede na Suíça, esta norma determina requisitos a serem utilizados em organizações de todos os tipos e tamanhos. O norma é chamada de maneiras diferentes de acordo com o país em que ela é usada.

O principal objetivo da regra é aumentar a satisfação do cliente através de processos de melhoria contínua. Ela é projetada para que as organizações que a implementam, possam garantir a sua capacidade de entregar produtos e serviços que atendam s demandas de seus clientes, graças a uma certificação internacional que lhes dá prestígio e garantia de qualidade.

Com base neste padrão e nas informações contidas nele, as empresas criam metas para melhoria operacional a fim de controlar os aspectos mais importantes de seus processos de produção ou serviços. Com a certificação, as empresas podem melhorar significativamente sua gestão da qualidade, melhorando estrutura, procedimentos de trabalho e treinamento, e implementando indicadores, controles, análises e auditorias.

O objetivo básico da ISO 9001 é, portanto, obter um consenso sobre soluções que possam atender s demandas da organização, da sociedade e do comércio, para todas as partes interessadas.

No entanto, em termos práticos, a aplicação do padrão, pode trazer algumas dificuldades para as empresas. Estas dificuldades podem depender de fatores como o setor, localização, etc. Elas dependem da empresa, no entanto, a principal dificuldade com a norma corresponde a falta de compromisso por parte dos dirigentes para realizar a implementação de um sistema de gestão de qualidade exigente como o proposto. Na verdade, a norma específica as exigências a serem cumpridas pela alta administração das empresas que se comprometem com a sua implementação. Ela se refere a aspectos como a definição das políticas a seguir para atingir a conformidade, autoridades definidas para salvaguardar a mesma, aprovação de objetivos e o compromisso da direção para a gestão da qualidade dentro da empresa.

Embora o padrão seja exercido de forma voluntária, como a organização que o lança não pode impor, em alguns sistemas de qualidade de alguns setores produtivos, a ISO 9001 torna-se um pré-requisito para manter a competitividade no mercado, como é o caso de empresas de metalurgia, automotivas, construção civil informática etc.

Os principais benefícios da certificação ISO 9001 para as empresas em todos os setores, podem ser resumidos nos seguintes pontos:

 

  • Sistematização das operações.

  • Competitividade aumentada.

  • Geração de um maior nível de confiança interna e externamente.

  • Melhora das estruturas de forma sustentável.

  • Redução dos custos de produção.

  • Atendimento a legislação e regulamentos relacionados a produtos e serviços.

  • Melhoria da abordagem da empresa para clientes e partes interessadas em geral.

  • Aumento do interesse dos acionistas, parceiros e investidores.


O aumento da competitividade anda de mãos dadas com a produtividade. Este benefício é conseguido após a avaliação inicial e subsequente melhoria de processos durante a implementação da norma. Ele também é conseguido através da formação e melhoria da qualificação dos funcionários em todos os níveis. Por ter mais e melhor documentação de processos e gestão do trabalho, ocorre naturalmente a estabilidade nos processos, menos desperdício e menos retrabalho. CEOs pode esquecer chamadas problemáticas fora do horário de trabalho, eles têm o poder de resolver os problemas.

qualidade

Pela própria natureza dos requisitos da norma, as organizações notam que o setor administrativo está mais envolvido no sistema. Sua obrigação faz parte do projeto de objetivos políticos e de qualidade. Sua tarefa será a de analisar os dados do sistema de gestão da qualidade, verificando as metas e o atingimento de objetivos que resultam em melhoria.

Os benefícios que as empresas obtêm quando tomam a decisão de implementar a ISO 9001, muitas vezes são derivados dos objetivos de qualidade estabelecidos. Para alcançar estes benefícios tangíveis, é aconselhável a abordagem objetivos intermédios; por exemplo, se o objetivo principal é aumentar a satisfação do cliente, metas parciais como redução de não conformidades ou custos podem ser definidas e perseguidas pela organização. Se, por exemplo, sabemos que o número médio de reclamações recebidas por ano é de 50, pode ser definido como um alvo, este número ser reduzido para a metade, por meio de ações como formação de pessoal, melhoria de processos, máquinas e equipamento, aquisição de instrumentos mais eficientes, etc., dependendo do tipo de negócio de cada organização.

Outro exemplo de objetivo típico é o de melhorar os processos dentro do sistema de gestão para aumentar os lucros da empresa. Algumas das metas parciais, neste caso, poderiam ser a redução dos tempos dos processos ou melhoria da infraestrutura e do ambiente de trabalho, onde a formação de líderes intermediários e de gerentes, seria fundamental.

No caso da busca de um maior nível de engajamento dos membros da empresa para evitar falhas e garantir a melhoria contínua dos processos e qualidade, é possível que a criação de sistemas de sugestões seja um meio eficaz para receber feedback dos níveis operacionais dentro da organização.

É muito importante obter benefícios reais, compreender o impacto da implementação da norma e estabelecer indicadores de acompanhamento para cada objetivo. O processo de documentação e divulgação de resultados de atingimento das metas definidas é muito importante para a organização.

Os Capítulos 9 e 10 da nova ISO 9001, centram-se nos processos de medição, análise e melhoria. Nestes capítulos estão os requisitos para a análise eficaz e de como agir em conformidade com os resultados parciais. A ideia é sempre que a organização busque a satisfação do cliente, satisfazendo os requisitos. Para fazê-lo, muitas vezes ela precisa procurar por excelência e realizá-la sem descanso.

Em algumas instituições e empresas, para decidir tomar esse padrão como um modelo, elas tem uma dificuldade inicial: a falta de uma estrutura inicial da gestão da qualidade. Pode parecer impossível estabelecer critérios para a monitoramento quando não há parâmetros sobre os quais trabalhar. No entanto, isso é possível por meio de uma revisão do modelo de negócio e, graças motivação para assegurar que os objetivos e processos estratégicos forneçam valor real para a empresa.

Uma vez implementado o padrão ISO 9001, é importante considerar melhorias destinadas a manter o sistema sempre atualizado. Uma das tarefas, a este respeito é uma análise de custo e beneficio realizada pela direção da organização.

É por isso que é tão importante saber o status atual da empresa, para saber quanto de lucro terão para poder adotar o sistema proposto pela ISO 9001. É, portanto, muito importante especificar e chegar ao fundo da questão sobre quando será o planejamento, implementação, suporte e manutenção do novo sistema de gestão. Normalmente, os benefícios são muito importantes e são claramente refletidos nos KPIs ou indicadores-chave da empresa. Você também pode estabelecer indicadores de melhoria em relação ao tempo de retorno para o projeto ou o tempo que vai demorar para ver benefícios significativos gerados pela mudança. Um sistema de qualidade, como ISO 9001, não se refere a um sistema estático, razão pela qual a melhoria contínua é necessária e garante que as pessoas evitem que o sistema gradualmente se torne menos eficaz.

A notícia da nova atualização da ISO 9001 - 2015


O projeto foi recentemente publicado pela organização ISO para atualizar a regra que tem quase 7 anos sem ser modificada. As mudanças observadas são substanciais em relação versão atual. Estas, de acordo com as comparações que têm sido feitas, abordam alguns aspectos importantes a considerar. Algumas delas são:

  • Uma melhoria no texto para fornecer uma abordagem mais genérica que melhor se adapta s entidades no setor de serviços. Esta atualização tem um maior foco no planejamento e liderança, tão presente nestes dias no ambiente de negócios. Isto também é visto em mudanças realizadas com o termo "realização do produto" agora chamado de "operações".

  • Por outro lado, a nova redação coloca ênfase especial em processos. A versão 2015 tem cláusulas específicas que definem que a empresa adote uma abordagem baseada em processos.

  • Seguindo a terminologia, algumas alterações a este respeito, tais como a substituição dos termos "documentos" e "registos" por "informação documentada" que é genérico também aconteceu. Além disso, o antigamente chamado "cliente" se torna "parte interessada" referindo-se nova abordagem desenvolvida nesta nova versão que considera todos os relacionamentos.

  • Outra novidade é o aumento da aplicação de ação preventiva, mas a um nível mais elevado. O parágrafo onde falava-se sobre isso na versão antiga de 2008, desaparece no novo. Em vez disso, a norma fala sobre prevenção em maior escala, tornando-a muito mais consistente com algumas ideias relacionadas gestão de riscos. Neste sentido, o último conceito é discutido em profundidade no texto da norma.

  • Também é visto nos novos regulamentos, maiores detalhes sobre a gestão da mudança, na seção de Planejamento e Controle de Mudança.


Para muitos, o principal benefício da implementação da ISO 9001 é ter mais clientes satisfeitos. O grau de satisfação do cliente aumenta, sem dúvida, porque, surgem objetivos com base nas necessidades destes. A empresa procura obter feedback do cliente e analisa esta entrada para entender melhor o que precisa melhorar e começa a pensar em como fazer. Ao concentrar esforços em benefício ao cliente, a organização gasta menos tempo e esforço para objetivos individuais dos departamentos e pode concentrar energia no trabalho em conjunto, direcionado, atendendo s necessidades dos clientes em todos os momentos e recordando a importância da manutenção de padrões de qualidade para permanecer eficiente e eficaz em todas as fases de desenvolvimento de negócios.
Compartilhar
Deixe seu comentário aqui

Comentários:

Leticia - 20/08/2017

Será que pode dar uma resposta mais simples, estou um pouco em duvia... A iso são regras que para ter um desenvolvimento de produção de qualidade exemplos(quando vai comprar outros minerais para fazer seu produto; quando os funcionarios vão produzir as mercadorias; como os funcionarios atendem os clientes por telefone; Não sei se está certo mas se puder me ajudar, agradeço.

contato@comexito.com.br - 21/08/2017

Leticia, a ISO 9001 são requisitos para garantir que o produto ou serviço atendam aos requisitos, isso envolve projeto, compras, armazenamento, produção ou prestação de serviço, expedição, logística, manutenção, RH, TI, etc., todos os processos da organização tem que funcionar bem para que o cliente receba o que está esperando na data combinada, abraços, Márcia


Sergio Paquelet Jansen Ferreira

Empresa: PRODAM/SP - S/A Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação


Solange Cristina de F. C. Campos

Empresa: Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paul...


Rubens Batista Rodrigues

Empresa: Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paul...


Rosy Vania B. Arruda Wanderley

Empresa: Linde Gases Ltda


Antonio Marcos Ricieri

Empresa: Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paul...


Eliara Peixoto Cruz

Empresa: Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paul...


Milton Aguirre Junior

Empresa: Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paul...


José Roberto da Silveira

Empresa: Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paul...


Andre Luiz Gonçalves de Araujo

Empresa: Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paul...


MILSON ABRONHERO DE BARROS

Empresa: LUIZ IVAN NAVEGAÇÃO LTDA


MILSON ABRONHERO DE BARROS

Empresa: LUIZ IVAN NAVEGAÇÃO LTDA


Lúcio Tavares De Macedo

Empresa: Frisa Frigorifico Rio Doce S/A


Glicia Kelly dos Santos

Empresa: PROBANK Inteligência e Tecnologia


Moara Paes M de Oliveira

Empresa: Serviço nacional de Aprendizagem Industrial


eduardo lettnin

Empresa: bianchini s a industria comercio e agricultura


Daniela Rodrigues Silva

Empresa: A.F de Sá Moraes


Priscila Cristina Pires

Empresa: Controlar S/A


Carlos Alberto Possapp Lopes

Empresa: Brasil Global Industria e Comércio de Carnes Ltda


Adriano Piorno

Empresa: Controlar S/A


GEISON CARLOS STACHESKI

Empresa: TROPICAL TRANSPORTES IPIRANGA


Sobre ComÊxito

A ComÊxito tem 22 anos de mercado, foi fundada e é administrada por Márcia Guerra - engenheira Politécnica (43 anos de experiência), promove ensino a distância pela internet desde 2006, com muita clareza e conteúdo didático desenvolvido por profissionais competentes. As aulas são gravadas e dúvidas são respondidas prontamente.

 

Desenvolvido por Thyago Henrique Pacher - thyago.pacher@gmail.com